sábado, 9 de julho de 2011

Capítulo 2

Não tenho ninguém para me completar, para me amar, para gostar de mim. Tu és o meu início e fim. Já fazes parte de mim, és tudo o que eu sempre quis, mas se não estás comigo como posso ser feliz? Não sais do meu pensamento, da minha mente, aconteça o que acontecer, amar-te-ei eternamente. Chamam-te nomes, mas eu não quero saber, estou aqui a escrever... o que sinto por ti.Tu levas-me à lua, levas-me ao sol, és a minha estrela, és o meu farol, quem me ilumina na escuridão, estarei sempre aqui para te dar a mão, quando precisares, quando necessitares, eu estarei aqui para te dizer o que sinto por ti. És o homem da minha vida, isso não podes negar, só eu sei o que sinto e não te consigo rejeitar.

4 comentários:

  1. gosto, sigo-te*
    http://anacidade.blogspot.com/, este é o meu blog, passa por lá se e gostares segue, obrigada e desculpa o incomodo. (:

    ResponderEliminar